Terça, 17 de Maio de 2022 00:47
11 11 99843-7541
10°

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,06

Euro

R$ 5,28

Peso Arg.

R$ 0,04

Especiais Encontro importante

Prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, recebe visita do reitor do Centro Universitário da FMABC, David Uip

Objetivo foi tratar de documento protocolado na Prefeitura que manifesta a preocupação sobre eventual perda de campos de estágio da faculdade na região.

21/04/2022 10h15
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, recebeu na manhã desta quarta-feira (20/4), no gabinete do Executivo, visita do reitor do Centro Universitário da Faculdade de Medicina do ABC, David Uip, do vice-reitor da instituição, Fernando Fonseca, e do representante do Diretório Acadêmico do Centro Universitário, Fernando Camelo, ao lado de outras autoridades ligadas à FMABC, para tratar de documento protocolado na Prefeitura que manifesta a preocupação sobre eventual perda de campos de estágio da faculdade na região. 

Ao lado do secretário municipal da Saúde, Geraldo Reple Sobrinho, o prefeito Orlando Morando assegurou que esse risco não existe na cidade. Sustentou que segue plano de ampliação do campo de estágio com o crescimento de São Bernardo no atendimento à saúde pública e, em um próximo passo, com a entrega do Hospital da Mulher, cuja inauguração está prevista até o fim deste ano. O chefe do Executivo declarou empenho visando que essa situação de revés não ocorra em outras cidades, principalmente as instituidoras da faculdade e da Fundação do ABC.

A reunião foi proposta pela reitoria da instituição, uma vez que, na cidade de Santo André, uma outra Organização Social de Saúde poderá iniciar o serviço de urgência e emergência, o que pode causar perdas no serviço. No encontro, foi reforçado que isso não ocorrerá em São Bernardo.

A FMABC foi instituída em 1969, fruto do esforço conjunto de São Bernardo, Santo André e São Caetano para criação de uma faculdade de medicina paulista. Durante a reunião, foi retratada a temeridade que o vínculo, até então umbilical com as cidades, possa ser quebrado. Os representantes da instituição foram categóricos que não vão admitir a perda de espaço de estágio, alegando, inclusive, que há compromisso não só com os alunos, mas também com o corpo docente e demais profissionais em prol da população.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.