Terça, 17 de Maio de 2022 01:30
11 11 99843-7541

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,06

Euro

R$ 5,28

Peso Arg.

R$ 0,04

Especiais Mulheres em foco

Prefeitura de São Bernardo, ACISBEC, AMB e CNJ promovem campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica

O objetivo da iniciativa é oferecer às mulheres vítimas de violência doméstica um canal silencioso de denúncia.

18/04/2022 08h27 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação Fonte: Personalidade ABC
Divulgação
Divulgação

Campanha de violência contra a mulher é lançada em São Bernardo

ACISBEC sediou evento e apoia ação em benefício das vítimas de agressão

A ACISBEC (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo do Campo) sediou o evento de lançamento oficial da campanha Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica, promovida pela AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) em parceria com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça). O objetivo da iniciativa é oferecer às mulheres vítimas de violência doméstica um canal silencioso de denúncia. O evento foi realizado no auditório da Associação, na manhã de segunda-feira, 4 de abril, com a presença de autoridades e convidados.

A finalidade da campanha é divulgar um instrumento de denúncia: desenhando um “X” na palma da mão (de preferência, em vermelho), a vítima de violência doméstica pode pedir ajuda, e quem receber a mensagem deve acionar a polícia.

Na oportunidade foi assinado o termo de adesão à Campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica entre a Prefeitura de São Bernardo do Campo, ACISBEC, AMB, Facesp, (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), representada pela presidente do CMEC (Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura), Ana Claudia Badra Cotait.

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, e a primeira-dama e deputada estadual, Carla Morando, participaram da cerimônia de lançamento da campanha. A mesa de abertura contou com a presença do presidente da ACISBEC, Valter Moura, da presidente da Apamagis (Associação Paulista dos Magistrados), Vanessa Mateus, entre outras autoridades, magistrados e advogados.

Valter Moura explicou que a ACISBEC está engajada na campanha juntamente com a adesão da Prefeitura. “É importante que esse tipo de ação seja permanente. E, da nossa parte cabe intensificar a divulgação junto às indústrias e os comerciantes locais em benefício das mulheres vítimas de violência”, acrescentou.

Vanessa Mateus lembrou que a campanha começou, em junho de 2020, com a participação de 10 mil farmácias em todo o país. “Esses estabelecimentos aderiram prontamente porque eram os poucos que ficaram abertos durante o período de quarentena na pandemia e também por ser um local que as mulheres procuram após um ato de violência”, afirmou.

Durante o encontro, Vanessa Mateus, falou do lançamento da pesquisa JUSBarômetro, encomendada pela associação dos magistrados e que mostra as percepções da população feminina paulista sobre violência contra mulher. De acordo com o documento, 88% das mulheres ouvidas perceberam que esse tipo de violência aumentaram em todo o Estado.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, disse que a cidade já tem ações de combate à violência contra a mulher e que agora assume mais um compromisso de disseminar a campanha contra os abusos. “Precisamos acreditar que é possível mudar uma cultura, que é centenária, e que sempre colocou a mulher de forma submissa. É importante que haja um esforço coletivo de toda a sociedade, do Estado e de organizações para alterar essa triste realidade de violência, que não distingue faixa etária, condição econômica ou classe social”, destacou.

A campanha foi criada em junho de 2020 devido ao crescimento dos índices de violência contra a mulher na pandemia.

Sobre a ACISBEC

Instituição com mais de sete décadas de existência, foi fundada em 27 de setembro de 1944 e tem como presidente Valter Moura. Instalada em sede própria com área de quatro mil metros construídos, dispõe de ampla estrutura distribuída em seis pavimentos com auditório para 400 pessoas, salas de reunião, salão de exposição para feiras e fóruns de negócios, cursos e palestras, entre outros.

Ao longo dos anos, a ACISBEC implantou serviços, projetos, realizou convênios e parcerias em benefício dos associados e comunidade. Entre os atendimentos prestados estão consulta Pessoa Física e Pessoa Jurídica; Cadastro Positivo; Certificado Digital; Certificado de Origem; ACISBEC Mobile; Cursos e Eventos e dispõe de locação de salas.

Texto: Assessoria Imprensa Acisbec / Crédito - Foto: Gabriel Inamine/PMSBC

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.