Terça, 17 de Maio de 2022 02:23
11 11 99843-7541

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,06

Euro

R$ 5,28

Peso Arg.

R$ 0,04

Geral Prevenção é o foco

Com ações preventivas, casos de dengue caem 84% em São Bernardo no primeiro trimestre

Trabalho contínuo das equipes de Saúde contribuiu para a redução em relação ao mesmo período de 2021; incidência maior ocorre em áreas do Alvarenga e Riacho Grande

06/04/2022 08h26
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

Mês conhecido pelas chuvas que encerram o verão, março é também pontuado pelo trabalho intensificado da Prefeitura de São Bernardo para prevenção e combate das arboviroses (dengue, chikungunya e zika). Assim, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses e de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) organizaram mutirão no qual foram identificadas 98 larvas do mosquito Aedes aegypti, encontradas em 31 imóveis diferentes, com predominância nas regiões mais próximas da Mata Atlântica, como Grande Alvarenga e Riacho Grande. O trabalho de prevenção fez com que os casos confirmados de dengue tivessem queda de 84% no primeiro trimestre do ano, na comparação ao mesmo período de 2021.

As equipes percorreram todos os bairros da cidade, visitando 7.405 imóveis, dos quais 5.202 autorizaram a vistoria para orientações sobre os cuidados contra as arboviroses. O esforço à prevenção teve sequência com a rotina de coletas do CCZ, tanto a partir de denúncias, como por amostragem pelo sistema Sisaweb – base de dados oficial às informações de controle de vetores no Estado de São Paulo – o que apoiou para um total de 23.134 imóveis visitados em março.

“Entramos no período que pede mais atenção, diante das chuvas maiores que ainda ocorrem, combinado com ambientes que favorecem o surgimento de criadouros, como pneus fora de uso e descobertos, quintais com pratinhos ou poças d’água formadas, calhas entupidas, entre outros. Por isso, o trabalho contínuo dessas equipes em campo é fundamental à nossa estratégia de combate ao mosquito Aedes”, explica o secretário de Saúde do município, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

Além dos profissionais do CCZ, o trabalho contou com a participação de 167 ACSs, das 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS), o que contribuiu para a aproximação maior com os moradores por todos os territórios da cidade. Ainda em março, a secretaria de Saúde acolheu 49 denúncias, atendidas pelo CCZ, e foram também realizadas dez ações educativas para o enfrentamento dessas doenças.

Em caso de denúncias sobre focos do mosquito ou dúvidas sobre arboviroses, basta ligar para o número 0800-19 55 65. Acompanhe as notícias de São Bernardo pelo Portal www.saobernardo.sp.gov.br ou pelas redes sociais www.facebook.com/prefsbc; www.instagram.com/pref_sbc.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.