Terça, 17 de Maio de 2022 01:24
11 11 99843-7541

Pancada de chuva

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 5,06

Euro

R$ 5,28

Peso Arg.

R$ 0,04

Cultura Cultura

São Bernardo retoma projeto para formação da orquestra mirim municipal

Ação envolve 150 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade atendidos por entidades assistenciais

25/03/2022 08h31
Por: Redação Fonte: PMSBC
PMSBC
PMSBC

Em mais um indicativo de superação da pandemia causada pela Covid-19, a Prefeitura de São Bernardo retoma o Projeto Solidariedade em Ação, que visa a manutenção da orquestra mirim do município. A ação, concretizada a partir de parceria entre o Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Cultura e Juventude, beneficia 150 crianças e adolescentes com idade entre 7 e 17 anos em atendimento nas entidades assistenciais da cidade mediante investimento de R$ 150 mil.

A aula inaugural do projeto foi realizada na manhã desta quinta-feira (24/3) na Instituição Assistencial Irmão Palminha e contou com a participação de 20 crianças e jovens atendidos pela entidade. Na oportunidade, os alunos tiveram introdução ao mundo musical das cordas friccionadas, com violinos, violas, violoncelos e contrabaixo, sob coordenação do professor Fernando Mathias.

A cerimônia foi acompanhada pela presidente do Fundo Social de Solidariedade de São Bernardo, Márcia Morando, pela primeira-dama e deputada estadual, Carla Morando, e pela secretária de Cultura e Juventude de São Bernardo, Lígia Ramos. “É uma felicidade poder retomar esse importante projeto, iniciativa da Carla Morando quando presidia o Fundo, uma parceria importante e que certamente fará a diferença na vida dessas crianças”, destaca Márcia Morando.

“Fico feliz em ver que estamos trabalhando para desenvolver ações capazes de mudar a vida dessas pessoas. Porque eu acredito que a música tem esse poder. É um sonho antigo que está se concretizando”, ressalta Carla Morando. Secretária de Cultura e Juventude, Lígia Ramos complementa dizendo que “as oficinas são uma forma de proporcionar oportunidade a essas crianças e jovens que hoje se encontram em situação de vulnerabilidade”.

Além da Instituição Assistencial Irmão Palminha, o projeto também atende crianças e jovens assistidos nas entidades Núcleo de Apoio ao Pequeno Cidadão (flautas doce e clarinetes), Projeto Caridade (trompetes, trombones, eufônios e tuba), Instituto Cativar (bumbos, caixas de samba, ganzá-chocalho, repinique e tamborim) e Lar Escola Jêsue Franz (vozes infantis).

INVESTIMENTO – Para a execução do projeto, o Fundo Social de Solidariedade vem investindo desde 2019 em equipamentos. Foram adquiridos instrumentos de percussão e de cordas e, além disso, na contratação de professores especialistas, com uma carga horária total de 975 horas aula.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.