Sábado, 21 de Maio de 2022 13:25
11 11 99843-7541
19°

Tempo aberto

São Bernardo do Campo - SP

Dólar com.

R$ 4,88

Euro

R$ 5,15

Peso Arg.

R$ 0,04

Galeria de fotos 1 foto

Vacinação contra a Covid-19 em andamento em Diadema

22/01/2021 17h27
Por: Redação

Após o recebimento das primeiras 4.480 doses da vacina contra a Covid-19 na tarde da terça-feira (19), a Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria Municipal da Saúde deu início a vacinação dos grupos prioritários em ato simbólico realizado no Quarteirão da Saúde, às 19h, com a imunização de três profissionais.

Apesar da alegria de dar início à vacinação, o município acompanha com cautela o número de doses recebidas, pois entre estabelecimentos públicos e privados, Diadema tem uma quantidade de trabalhadores da saúde superior à quantidade de doses recebidas na primeira entrega.

Assim, com o objetivo de fazer a vacina chegar para aqueles que mais necessitam dela, o município embasado pelas diretrizes do Plano Nacional de Imunização e do Plano Estadual de Imunização priorizou os trabalhadores dos serviços municipais e privados que atuam no atendimento direto aos pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19, ou seja, aqueles que estão no Hospital Municipal Diadema, Hospital Estadual de Diadema (Serraria), Pronto Socorro Municipal, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e nas 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS), além dos serviços privados: Hospital Innova Diadema e Centro Clínico NotreDame Intermédica, esses dois últimos receberão suas doses assim que informar os quantitativos de profissionais que atendam ao novo critério de priorização.

Também deverão ser vacinados nessa fase em Diadema os idosos residentes nas quatro Instituições de Longa Permanência (ILPI) situadas na cidade. Assim que novas remessas do imunizante foram sendo liberadas para a cidade, serão incluídos na campanha, de forma escalonada, os demais trabalhadores da saúde e outros públicos prioritários, como profissionais de setor administrativos, técnicos da Secretaria Municipal da Saúde, funcionários dos Centros de Atenção Psicossocial, motoristas que atuam na saúde, entre outros. Vale ressaltar que a cidade conta com 17 mil profissionais atuando nas redes pública e privada de saúde.

Por Tatiana Ferreira/ Fotos: Kelly Fersan

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.