Turismo a3

Publicação Ativa outubro 20th, 2016 | Por Personalidade ABC

0

Torres É Sol, Praia E Pedras

Torres é um dos núcleos mais antigos do Rio Grande do Sul. O primeiro navegador português a apontar em Torres foi Pedro Lopes de Souza, por volta de 1531. Desembarcando no Boipetiba, atual Rio Mampituba, fez registro dos indígenas no local. A região de Torres era inicialmente habitada por indígenas Carijós, Minuanos e Arachanes, que viviam da caça e pesca e se dedicavam a uma rudimentar agricultura.

Os índios Carijós, de Santa Catarina, e Arachanes do Rio Grande do Sul, que em seu comércio de trocas usavam uma picada, costeando os banhados dos sopés internos, começando na Praia Grande e indo até a Itapeva. Em 1500, estas trilhas, abertas em meio a matagais começaram a ser usadas também por paulistas, compradores de índios, que os levavam a São Paulo como escravos.

Entre os anos de 1600 a 1640, estima-se que viviam, no Sul do Brasil, cerca de quinhentos mil índios, que aos poucos foram desaparecendo por causa das doenças introduzidas pelo contato com o branco, escravidão e lutas tribais.

Desaparecidos os índios, mantiveram-se os caminhos. Era o elo principal entre o resto do Brasil e os núcleos avançados do povoamento português, na Colônia do Sacramento (1679) e no presídio de Rio Grande (1737). Assim, Torres assumiu a importante função de controlar a estratégica passagem, na qual foi instalado um posto fiscal que logo se transformou em Guarita Militar da Itapeva e Torres (entre 1774 e 1776).

Leia mais aqui.

CompartilharShare on FacebookPin on PinterestShare on Google+Tweet about this on Twitter


Sobre o Autor

O portal Personalidade ABC divulga notícias, trabalhos, ações sociais, eventos, festas, seminários e informações sobre instituições que trabalham em causas sociais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Volta ao topo ↑
  • SIGA-NOS

  • CATEGORIAS

  • PUBLICIDADE